17.2.13

Deviant Tales Livro 2 Ato 12 por Mel Kiryu



Livro 2 Deviant Tales
Ato 12

O corpo narra os desejos proibidos da alma

         Resolveram sair naquela noite, na véspera do aniversário de Seiji e foram de bicicleta ao centro da cidade, passaram num mercadinho e compraram algumas bobagens para comer. Na volta, pararam no barzinho perto da casa de Jin onde certa vez haviam ficado aos beijos antes mesmo de se tornarem namorados.


__Presente?...
          Foi o que Seiji perguntou quando viu Jin deslizar um envelope caramelo feito em papel cartão pela mesa, em sua direção. Estavam um ao lado do outro bebendo e conversando a algum tempo.
__É, cara... Abre aí.
__Mas... O que é?__ Seiji segurou o envelope um tanto curioso.
        Abriu e puxou o que parecia ser um par de convites, algo assim... Pensou até que fosse um vale-presente, mas ficou surpreso de verdade assim que se deu conta.
__Ingressos para o show do The Gazette?... Jin... Não brinca!
__E aí?... Gostou?
__Cara! Isso é incrível... Esse show não estava esgotado?...
__Pedi para Akiseraru arrumar pra mim, sacou? Ela também vai com a Misao... Achei que tu ia curtir da gente ir junto com elas fazer uma farra.
__Vai ser amanhã!... Nem acredito... Vai ser tão legal!
            Seiji abraçou os convites animado, mas em seu interior, tornava a se perguntar como em tantas ocasiões o que Raiden faria em seu aniversário... Será que ele estava lembrando? Não que fizesse diferença, já que não eram mais namorados, nem se viam há praticamente dois meses.
          Tornou a guardar os ingressos no envelope, nem percebendo o quanto Jin estava atento aos seus devaneios íntimos.
__Fala sério, Seiji-kun... Não está nem pensando no show.__ Jin disse sem sorrir.
__Estou sim...__ Seiji retorquiu sem jeito.
__Nem vem...__ Jin retrucou irônico.__ Faz sempre o mesmo tipo de olhar quando pensa no Raiden... Tu é tão estupidamente óbvio!
__Não estou pensando no Raiden...__ Seiji tentou mentir, embora fosse um colossal fracasso como mentiroso.
                   Jin se levantou enfezado da cadeira que ocupava, ia deixar a mesa.
          Mas, Seiji esbarrou na latinha de saquê e tudo se esparrou pela mesa, apenas na tentativa de agarrar o pulso de Jin para ele não deixar a mesa.
__Nem sabe mentir, merda... Em que mais tu estaria pensando?__ Jin perguntou invocado.
          Apertou os olhos segurando nervosamente o pulso de Jin e em vez de admitir a verdade, acabou dizendo sem ao menos olhar para Jin enquanto o saquê derramado escorria pela mesa e respingava no chão:
__Eto... Fiquei pensativo... Porque um aluno do curso de violão me beijou na boca...
__Heh? ‘Tá de sacanagem!
         Examinou atentamente e desconfiado o rosto de Seiji e chegou à conclusão que não era mentira... Jin ainda sentia Seiji segurar com insistência seu pulso.

              Pagaram a bebida e saíram caminhando na calçada, não estavam longe de casa.
            Jin caminhava conduzindo a bicicleta pela calçada com Seiji andando ao seu lado.
__Isso é doidera, cara... Os alunos do curso não são um bando de pirralhos?
__Eu sei...__ Seiji retrucou chutando uma pedrinha no caminho.__ Isso que é assustador... Mas, pode ter certeza que ele não me beijou como um pirralho...
__Foi um garoto?... E ele te beijou tipo assim... Do nada?
__Ele... Ah, Jin... Pra que saber dos detalhes?... Isso foi tão bizarro...
__Bizarro...__ Jin repetiu meio que pra si.__ Isso quer dizer que você gostou?
            Seiji parou de andar, constrangido, desviando seu olhar para o céu, para a noite.
Sob o olhar azul e esperto e Jin.
__Cala a boca... Eu não sou um desses pervertidos que curtem criancinhas...__ Seiji disse intensamente desconcertado.
__Tu quer dizer... Pedófilo?
          Jin estava com ar de riso e isso irritou Seiji que saiu caminhando mais rápido na frente, entrou como um foguete pelo portão e sumiu para dentro da casa.

          Depois de largar calmamente a bicicleta no quintal, entrou em casa deixando os tênis na genkan e quando entrou no quarto, em meio à penumbra, viu Seiji sentado em sua cama, abraçado a uma almofada com uma expressão contrafeita em seu rosto de menino.
__Seu babaca...__ Seiji disse baixinho, vendo Jin sentar na beira da cama.
__Ah, sem essa vai... Nem foi culpa sua, cara.
Jin puxou a almofada, se inclinando um pouco a cochichar com um sorrisinho cúmplice:
__Quer saber?... Me mostra como foi... Faz de conta que eu sou o Seiji e você é o aluno, 'tá?

           Ali no escurinho do quarto de Jin, no silêncio, Seiji via o momento passando novamente em sua mente. Viu Jin estender a mão sem dizer nada e ainda hesitante Seiji deslizou pela cama.
            Tal como Kenji, também era dono de um olhar de menino inocente, manteve o silêncio enquanto sentou de pernas abertas no colo de Jin. Era a exata pantomima dos gestos de Kenji... Passou seus braços entre o pescoço de Jin e apertou seus lábios aos dele.
                  Era curioso que Jin deixasse Seiji conduzir a situação.
            Mais do que entender o ponto de vista de seu namorado, Jin queria fazer Seiji entender o ponto de vista do garoto de doze anos que o tentara seduzir. Com lentidão suas línguas se envolveram durante o beijo e Seiji lembrou-se do joelho de Kenji enlouquecendo sua ereção.
Também roçou seu joelho entre as pernas de Jin e com aquele fervor crescente a pantomima teve seu fim...

38 comentários:

  1. Olá Mel^^
    O Seiji recebeu uma boa prenda de aniversário, desta vez o Jin esforçou-se bem.
    Mas o Raiden ainda lhe vem á cabeça

    ResponderExcluir
  2. Olá,mesmo que fosse o presente de aniversário mais caro do mundo, o Seiji ainda pensaria no Raiden...

    ResponderExcluir
  3. Isso é mesmo, mas desta vez o Jin até merecia um miminho especial de agradecimento

    ResponderExcluir
  4. Acho que mesmo pensando no Raiden, o Seiji reconhece isso...
    Sendo que ele vai ao show mais pelo Jin do que por si mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Mas eu pensei que ele tivesse mesmo gostado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele gostou sim, Rima... Mas, mais do que aproveitar o momento, ele quer que o Jin também se divirta como nunca como agradecimento.

      Excluir
  6. É fofo da parte dele pensar assim^^

    ResponderExcluir
  7. Verdade... Amor com amor se paga.

    Acho que vou escrever um micro reencontro entre o Raiden e o Seiji.

    ResponderExcluir
  8. Oh... ver o Seiji e o Raiden de novo juntos será bom nem que seja por pouquinho tempo...

    ResponderExcluir
  9. Estou bolando aqui como vai ser.
    A Hime queria que eu escrevesse algo mais atrevido entre o Kenji e o SEiji, mas acho que vou adiar um pouquinho.

    ResponderExcluir
  10. Eu também pensei que fosse algo com mais atrevimento, mas acho que ficou bom assim

    ResponderExcluir
  11. O Seiji não leva jeito para seduzir criancinha... E o Kenji por sua vez tem malícia, mas não tem experiência. Eu pesei esses dois aspectos antes de escrever.
    Mas, isso não quer dizer que eles não vão aprofundar essa relação... Só acho que não tem como ser depressa...Eu achei que ficou excitante, apesar de não a ver propriamente sexo entre eles.

    ResponderExcluir
  12. Ficou bom do jeito que estava, mas como me disse que ia escrever um shotacon pensei que fosse algo mas perverso.

    ResponderExcluir
  13. Eu pensei em algo perverso, mas não com o Seiji e o Kenji... Mas, sim entre a pessoa que corrompeu o kenji.
    Posso escrever um extra sobre isso...
    Mesmo que o Kenji e o Seiji venham a ter relações, não poderia ter nada de perverso.

    ResponderExcluir
  14. A pessoas que corrompeu o Kenji poderia ser o seu próprio pai?
    Nisso tem razão porque o Seiji ainda tem um lado de menininho

    ResponderExcluir
  15. A Rima gosta que eu dê spoiler... :p

    Sim, poderia ser o próprio pai.
    Com certeza o lado menininho do Seiji ainda é muito forte e você há de convir que o Kenji tem mais decisão no que deseja que o próprio Seiji.

    ResponderExcluir
  16. Só querendo matar a curiosidade...^^"
    Isso é mesmo o Kenji vai até ao fim para adquirir o que quer

    ResponderExcluir
  17. Rima, farei uma pequena pausa para fazer um lanche... Voltarei daqui a pouco.

    ResponderExcluir
  18. Rima, obrigado.
    Vou ter que desligar o pc, está trovejando de novo.
    Volto mais tarde.

    ResponderExcluir
  19. Rima... Acabei de voltar, viu?
    Espero que o tempo aqui não mude novamente.

    ResponderExcluir
  20. Mel eu não sei á quanto tempo voltou em tinha saido para jantar e voltei agora...

    ResponderExcluir
  21. Eu imaginei que tinha saído pra jantar... Não se preocupe.

    ResponderExcluir
  22. Eu estava postando um capítulo da Sabrynne no Fanfictions... Agora eu vou pegar no capítulo 16, depois devo parar para esquentar o jantar.

    ResponderExcluir
  23. então eu vou ler o capitulo da Sabrynne e depois continuo o meu capitulo também

    ResponderExcluir
  24. Bom... Confesso que fiquei meio perdida no capítulo da Sabrynne... Ficou um pouco confuso depois que se passaram 15 anos na estória dela.

    ResponderExcluir
  25. Ficou sim o Ikuto parece que passou a ser a personagem principal.
    Ainda não acabei de ler este capitulo

    ResponderExcluir
  26. Pois é... Pra mim é difícil manter o interesse na estória quando os personagens principais mudam tão subitamente...

    ResponderExcluir
  27. É um pouco complica pelo menos eu até me habituar troco nomes e confundo os personagens ainda se torna mais confuso

    ResponderExcluir
  28. E considerando que é uma fanfic sobre Vampire Knight... É estranho mal se ver os personagens da Matsuri Hino.
    Confesso que isso me irrita um pouco.
    Mas, eu não gosto de ficar dizendo isso, soa como despeito já que é uma escritora falando da outra.

    ResponderExcluir
  29. Já volto, vou esquentar o jantar, certo? ^^"

    ResponderExcluir
  30. Isso é os personagens de vampire Knight pouco aparecem, mas eu não sou melhor para falar.
    ok^^

    ResponderExcluir
  31. Não é uma questão de ser a melhor pra falar... É só lógica.

    ResponderExcluir
  32. Mas ainda assim gosto da escrita dela

    ResponderExcluir
  33. Mel tenho de sair
    Até amanhã
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  34. Também gosto...
    Ok, Rima.
    Obrigado pela conversa!

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...