6.3.17

Ilegítimos Capítulo 45 por Mel Kiryu


Capítulo 45

       O sexto andar não parecia tão sombrio quanto o terceiro.
      Tinha uma outra atmosfera, parecia mais limpo e caro.
      Mas, quando pisei nele ainda estava acuado como um criminoso.
      Minha mãe e Hidan estavam três andares abaixo.
      Acompanhei Noa um ou dois passos atrás, tinha a boca seca e olhava para os lados cheio de receio.

     Paramos em frente a uma porta que tinha em prateado o número sessenta e cinco.
     Confesso que quando Noa tirou as chaves do bolso e enfiou na fechadura dando uma volta macia, pouco entendi.
__Noa... Como você pode ter a chave desse apartamento?
__Que foi? É meu esconderijo, ora...
    Era simples assim? Tal como o momento em que ele tirou aquelas pastilhas azuis do bolso, o nome era Blue Star e era tudo que eu devia saber. Só que ele não me preveniu dos efeitos colaterais... É disso que eu tinha medo.
     As consequências de um esconderijo no sexto andar.
     Entrei logo atrás dele, era um apartamento bonito. Pequeno como todos os outros, mas bem limpo e arrumado, a decoração era ao estilo japonês. Havia muito bege, branco e estampa com desenhos de bambu.
    E Noa parecia conhecer bem o lugar, sabia exatamente onde estavam os copos e onde guardavam as bebidas. Não duvidava que já estivera ali, contudo...
__Noa, quem mora aqui?
__Um conhecido meu.__ Mais uma vez ele simplificou, enchendo dois copos com o conteúdo alcoólico de uma garrafa feita com vidro fumê verde, o rótulo em japonês.__ Eu sabia que ele não estaria em casa... O que é perfeito.
__Mas... E se esse seu conhecido chegar de surpresa?
__A gente convida ele pra festa.__ Noa riu me entregando um copo, também segurando o dele.
    Não consegui sorrir, que dirá rir com Noa. Senti o cheiro da bebida erguendo um pouco mais o copo e tomei um gole tímido... Adocicado e cítrico.
__Diferente... É algum tipo de licor?
__Acertou em cheio... É Umeshu.
     Tomei um pouco mais, dessa vez um gole generoso.
__Eu me sentiria mais a vontade no seu apartamento, Noa...
__Com Hidan e Rizel a uma parede de distância? Me engana.
__Você parece gostar dessa situação...
    E em vez de responder meu comentário, Noa se aproximou de mim com a garrafa na mão, completando meu copo com o licor.
__Está equivocado, Demian... Eu gosto é de você.  
    E tendo o dito, Noa passou a mão na minha cintura.
    Tomei mais do umeshu... Aquilo descia bem.
__Noa... Ainda podemos trocar de papéis? Posso fazer de conta que sou você... Mais uma vez?
__Cuidado com que pede... Porque eu gosto muito de ser o Demian, pode ser que eu não queira ser mais o Noa.
    O tom era de brincadeira, mas o olhar de Noa era previamente sensual.
__Então... Quero vestir sua roupa, gosto do seu cheiro em mim.__ Eu sugeri baixinho, cheirando seu pescoço antes de beijar sua pele.
    Tomamos mais do licor, que depois Noa me explicou que era feito com ameixa. A garrafa secou depressa, seus quinhentos mililitros divididos em doses equivalentes em nossa corrente sanguínea.
    De costas um para o outro, tiramos nossas roupas.
    Somente a luz de um abajur comprido na penumbra da sala.
    Vestimos a roupa um do outro, era como parte de um ritual para assumir o personagem.
    Talvez fosse o licor, eu já não me sentia tão preocupado.
    Ou, talvez... Porque agora eu fosse Noa.

                                               ☆~☆~☆~☆~☆~☆~☆~

             Eu pensei que ter um namorado, alguém que realmente fosse meu, me ajudaria a tomar uma distância gradual de Hidan até que se tornasse definitiva.
     Por isso, eu aceitei ser namorado de Noa.
     Não parecia ser pelos motivos certos.
     Mas, eu amava essa troca de papéis.
     Adorava ser Noa e penetrar Demian.
     E embora o licor turvasse um pouco meus sentidos, nenhum detalhe do sexo me passava despercebido. A entrega no rosto de Noa, em como ele tocava a si mesmo com os dedos me deixava louco.
    Era doce e provocante.
    Apenas poder beija-lo causava-me um tremendo prazer.
    Mesmo depois do sexo, ficávamos agarrados nos beijando.
   
    A certa altura, estávamos no quarto daquele apartamento sobre um típico futon japonês.
   Nossas roupas caídas em volta, eu vestia apenas uma camisa de Noa.
   Sentei-me de costas para ele, procurando as peças de roupa que eram minhas.
__Onde você pensa que vai, hein?__ A voz de Noa soou dócil e preguiçosa.
__Noa... Eu tenho aula amanhã, lembra?
    Tentei alcançar meu jeans, mas Noa me agarrou por trás e seu corpo se encaixou sobre o meu lânguido que só.
__Ah, toma só mais um drink comigo... Por favor.
__Somente um e depois vou embora, 'tá legal?
    Também abracei por um instante seus braços que passavam por meu corpo e Noa pediu para que eu esperasse naquele quarto, entregou um minúsculo beijo no meu ombro e ergueu-se dali.
    De repente, sentado sozinho naquele futon, não pude deixar de pensar se Hidan e minha mãe ainda estariam no apartamento trinta e três, no terceiro andar.
   O que eu diria se acabasse esbarrando com eles na hora de ir embora daquele Edifício?
   Achei meu relógio de pulso caído por perto.
   Que chances isso teria de acontecer às dez e quatorze da noite?
   Minha vontade era passar o resto daquela noite com Noa...
   Fugir e ser outra pessoa nunca me pareceu tão tentador.


8 comentários:

  1. Eles são tão bonitinhos juntos *-* se não fosse toda essa preocupação com Hidan e Rizel, o momento se tornaria bem mais fofo, mas Demian tem razão em se preocupar... Até eu fico apreensiva por ele hauhs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São, eles se entendem... Tem uma afinidade meiga assim por dizer.
      Verdade! As razões do Demian são fortes para ele não se entregar completamente... Há muitos segredos envolvidos afinal.

      Excluir
  2. Acho que o Demian devia aproveitar o momento nem que fosse so uma vez...
    e se aceitou o Noa como seu namorado devia viver mais com ele como namorados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o Demian ainda tem o pé atrás em se entregar totalmente ao momento...

      Excluir
  3. boa noite Mel! o capitulo esta lindo, eu acho que o demian deveria aproveitar mais o noa. Mel qual e o nome desse manga que vc postou a imagem e lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Dineia. :)
      Eu agradeço!
      O Demian ainda está se adequando a esta nova realidade.
      E a imagem do capítulo, é a capa deste mangá:

      Aoi Ren / Fujiwara-Kun to Seto-Kun no Hanashi.

      Excluir
    2. oi, Mel! nao e a imagem do capitulo e linda, a imagem a cima.

      Excluir
    3. A imagem de cima, do header?
      Se for esta, é do mangá Ten Count da Takarai Rihito.

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...