18.4.17

Especial Love is Strange Dois homens e meio Capítulo 4 por Rima-san


Dois Homens e Meio

Capitulo 4
Um porto abrigo…

Era domingo, de manhã e eu tinha á porta do meu apartamento  Masaki, tresandando a álcool e a perfume de mulher, aquele cheiro me enjoava mas não tinha como o deixar ficar do lado de fora da porta, deixei-o entrar e ele quase tombou em cima de mim, segurei-o pelos ombros e arrastei-o até ao sofá.

_Olha que lindo que estás! Seu bêbado!_ Eu resmunguei olhando aquele corpo dengoso, a camisa meia desabotoada com vestígio de batom vermelho, as calças pretas de napa que delineavam cada bocadinho do seu corpo até… suas partes mais intimas.
_Eu sei que sou lindo._ Ele se riu e seus braços sem força esticavam-se na minha direção.
_Vai tomar um banho._ Eu o puxei do sofá ordenando o que ele tinha que fazer,  enchi a banheira de água quente e deixei-o sozinho, ainda que isso me preocupasse, preparei café para os dois e me sentei de fronte á mesa da cozinha, aquela criatura que estava usando o meu banheiro era um erro na minha vida, devia ser só meu colega de trabalho e contudo eu estava tão feliz em tê-lo ali, mesmo que bêbado e mesmo que isso me aborrecesse.
_Demoras-te!_ Resmunguei fitando ele entrar com o robe   que eu lhe tinha deixado para vestir.
_Desculpa…_ Disse mais cabisbaixo arrastando uma cadeira e sentou-se ao meu lado
_Pega…. Café…_ Eu arrastei uma chávena na sua direção e ele aceitou seu dizer nada, bebemos o café sem trocar palavras, o seu cabelo pingava e as gotículas caiam no tecido  felpudo do robe._  Vem… vamos arranjar uma roupa para vestires._ Sim… ele não ia andar o resto do dia trajando um robe meu que nem usava sem mais nada por baixo, caminhou atrás de mim até ao meu quarto, abri o gavetão e procurei algumas  roupas que lhe servissem.
_Obrigado…_ Ele disse segurando no lote das roupas.
_Não é nada demais…_ Disse sem jeito… ainda que aquele olhar estivesse com umas profundas olheiras não deixava de ser lindo e… atraente._ Mais sóbrio agora?
_Sim… tou… desculpa incomodo viu?_ Ele se sentou na cama, seu semblante trazia verdadeiro pesar.
_ Parece que se passou alguma coisa… passou?_ Eu ajeitei meus óculos na face, ainda trajava o pijama e ele desviou o seu rosto do meu._ Ou apanhas-te uma bebedeira só porque te apeteceu? Mulherengo eu já imaginava que fosses.._ Também seria burro em não aproveitar com todos os atributos que tinha, pensei eu para mim._ Agora bêbado….
_Meu pai… ele morreu á um mês…_ Foi então que eu vi a rara imagem que talvez nunca tornaria a ver, Masaki estava a chorar na minha frente.
_Teu pai morreu?_ Eu estava incrédulo, sem saber as palavras que usar ou o que dizer, acabei sentando-me ao seu lado e segurei nas suas mãos._ É algo que realmente lamento…
_E… minha mãe quis celebrar ontem uma missa por ele… ter que ir realmente doeu…_ E sua mão repousou em seu peito, era lá que lhe doía eu conseguia imaginar mesmo que nunca tivesse passado pela dor de perder alguém tão querido.
_Mesmo assim… Masaki…_ Eu tentei ser o mais sereno possível._ Não deves estragar a tua vida por causa disso… mesmo que seja triste… mesmo que magoe… não é o álcool que te vai tirar essa dor… ele só te vai fazer esqueceres o que sentes por um tempo, mas depois do efeito passar vais-te lembrar e ainda te vais sentir pior._ A mão que eu segurava com carinho ele puxou com força como se repudiasse o toque.
_Tu não entendes!_ O semblante de Masaki parecia agressivo, mas eu não estava com medo,  limpou as lágrimas á manga do robe e soluçou contendo o seu choro.
_Não entendo de facto… mas… Teu pai.. independentemente de onde esteja agora não te vai quer ver nesse estado, ele deve-se estar a sentir triste por te ver assim._ Suas lagrimas secaram e eu passei os dedos no seu cabelo húmido, mesmo com um shampoo barato eram tão sedosos.
_O que eu faço?_ Ele me perguntou desta vez buscando pelas minhas mãos._ Um mês se passou e… isso cá dentro não vai embora!_ Era a dor… a dor era duque ele pensava.
_Quando estiver insuportável vem ter comigo, podemos partilhar juntos._ Sim eu realmente estava dizendo algo lamechas! Mas ver Masaki com os olhos rasos de água deixa-me inconsolado, preferia que ele me agarrasse com sua sacanagem duque estar chorando na minha frente.
Eu só queria calar aquele sentimento ruim que pairava dentro dele, nem que o conseguisse fazer apenas por alguns segundos, acabei por me aproximar de manso, emanar  o cheiro da sua pele e deixar que nossos lábios se tocassem.
Eu deixei que nossos lábios se tocassem delicadamente, mas ele não  me puxou abruto para cima dele e nossas bocas tornaram-se a tocar mas dessa vez com violência, com todo o desejo obsceno que qualquer homem pode ter em sua mente.
Seu robe abriu-se e eu pude contemplar todo o seu corpo, foi então que eu percebi… eu podia amenizar a dor dele usando o meu corpo, e se o meu corpo era sem alento eu não me importava de um emprestar as vezes que ele precisasse.

28 comentários:

  1. Que fofo! Masaki realmente parece sentir muita falta do pai, deveria ser apegado a ele, ne? Me pergunto se Nobu-chan sentiu a morte da mesma forma..

    ResponderExcluir
  2. Os dois eram apegados ao pai golden.... mas o Nobuhiko conseguiu ultrapassar melhor a morte do pai que o Masaki, o Masaki começou a cair nos maus vicios e o Nobuhiko decidiu afastar-se duque o magoava isso que fez toda a diferença

    ResponderExcluir
  3. Esses lances com a morte sempre mexem comigo, devo dizer que sofri junto com o Masaki nesse capítulo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse é o capitulo em que o Masaki se mostra mais frágil Mel
      Mas não queria que ficasse sofrendo não...

      Excluir
    2. É que é difícil para mim, logo penso em minhas próprias perdas... Mas, passa. É só uma tristeza momentânea.

      Excluir
    3. Para mim foi até dificil de escrever porque não sei o que é ter perdas
      E acho que também não quero saber tão cedo..

      Excluir
    4. Você sabe um pouco sim... Porque perdeu o Pantufa.
      Acho que escrever um capítulo triste é sempre difícil.

      Excluir
    5. Mas disso eu nem gosto de lembrar -.-"
      Sim é sempre dificil sim...
      Mas falando em coisas melhores já vou a mais de meio do capitulo 3 entre o Yasuhiko e o Kyoichi logo que termine eu lhe mostro :)

      Excluir
    6. Eu também não gosto...

      ÊBA! Sim, pode mandar para mim quando estiver pronto.
      Eu tô escrevendo um bocadinho agora de manhã. ^^"

      Excluir
    7. Eu mando sim!
      Eu tambem estou aproveitando agora de manha a escrever um pouco :)
      E amanhã tou de folga entao quero adiantar mais a escrita

      Excluir
    8. Hum... Você está escrevendo agora a continuação do extra?
      Eu tô num capítulo com o Huang e o Luciel.
      Mas, daqui a um pouco vou ter que parar para trabalhar...

      Excluir
    9. Sim eu estou escrevendo agora... aproveitando agora que o Martim esta a dormir XD
      Hummm esses dois é que me deixam curiosa
      ah bem fale somos duas daqui a pouco tambem vou trabalhar -.-"

      Excluir
    10. Ah, faz bem!
      Ah... Eles estão começando a viver uma relação bem intensa. :)
      Se bem que isso também deve estar começando também entre seus personagens.
      Olha o lado bom, tem sua folga amanhã. \o

      Excluir
    11. Se não aproveitar agora não aproveito mais no resto do dia ^^"
      Acho que os seus devem estar numa fase mais intensa que os meus
      O Kyoichi e o Yasuhiko ainda estão numa fase de dialogos curtos
      Mas também ja me achava merecedora de uma folga XD

      Excluir
    12. Nossa, nem fale... E bate uma vontade de escrever justo quando a gente não pode.
      É provável... Ainda mais que o Huang é intenso de natureza, junta com alguém fogoso como o Luciel, aí já viu...
      Olha... Concordo totalmente.

      Excluir
    13. Pode crer... tem dias que ando só na vontade, só hoje é que estou conseguindo matar o vicio
      Eu so consigo imaginar que os dois juntos devem ser uma casa a arder :p

      Excluir
    14. Menina, não sei você... Mas, fico de mau humor quando não escrevo.
      É vício mesmo, pura necessidade.
      Bom, às vezes tem uns momentos bem românticos entre eles... Porque no fundo o Luciel é um bocado assim.

      Excluir
    15. eu tou pior fico de mau humor sem escrever e sem desenhar :p
      ahaha o Luciel vai ser o eterno romantico kkk
      Mas eles ficam lindos juntos *-*

      Excluir
    16. PIOR QUE É VERDADE! O_O
      Mas, ele se sente um bocado piegas quando é romântico... Se sente realmente tolo.
      Depois vou te mandar esse capítulo para você ler... Acho que tá fofinho e aconchegante feito um abraço (tirando a ligeira tensão que que se instala em certa parte entre eles).

      Excluir
  4. Ahahah quem não se sente piegas quem toda a romantice... apesar que isso ainds o torna mais atraente :p
    Pode mandar vou adorar ler um pouco do romance dele *-*
    ( ah sempre à alguma tensão. .. eu ja nao vou puder mandar o meu hoje mas amanha sei que o termino com toda a certeza e depois lhe mostro)

    ResponderExcluir
  5. Sim, de fato... Mas, acho que ele ainda se sente mais piegas do que a maioria. :P
    O Luciel é um personagem fácil de trabalhar.
    Já mandei, viu? Espero que goste.
    (Tudo bem, quando terminar pode mandar... Vou estar a espera. ^^")

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahaha tadinho
      ate que o abraçava
      Jura que ele é facil de trabalhar? Eu tou a achar facil de trabalhar com o Kyoichi...
      eu ja recebi ainda nao li porque cheguei agora ao trabalho so vou organizar umas coisas e lerei... porque tou morrendo de curiosidade ;p

      Excluir
  6. Rima, vou ter que sair, mas daqui a pouco volto, viu?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok tudo bem
      eu ja li o seu capitulo ...
      apesar de ser quando o Huang descobre sobre o antigo relacionamento do Luciel com o Jiang e ter essa parte tensa foi lindo o final eles se amam mesmo
      O jeitinho como se beijam e falam é tão lindo *-*
      Fiquei babando aqui...

      Excluir
    2. Demorei um pouquinho porque fui na farmácia com a Tete. Ela queria furar a orelha.

      Eu acredito que o Huang é que levou a poesia que faltava para a vida do Luciel... como por exemplo o significado do beijo no olho ir direto ao coração.
      Mas também não tô esquecendo de aprofundar a relação do Jiang com o Syaoran.

      Excluir
    3. Nao tem mal
      Eu ja tou aqui com pena dela eu cheguei a ganhar infecao à custa de furar as orelhas

      Olha ei fiquei a pensar nisso porque eu nao conhecia esse significado
      eu bem que me estava perguntando sobre esses
      mas ainda tou achando que o relacionamento do Luciel com o Huang tá mais que lindo

      Excluir
  7. Eu vou fazer o possível para evitar infecção. Comprei álcool 70 e vou comprar também um spray antisseptico para ela usar sobre o novo brinco.

    Bom, o Syaoran e o Jiang agora tem a chance de se gostar sem a sombra do Huang... mas eles ainda estão se ajustando a essa realidade.
    O Luciel e o Huang ainda terão algumas provações para passarem juntos, mas hão de superar já que se gostam muito.

    Rima, vou ter que me ausentar para fazer almoço. Muito obrigada por sua companhia e por ler meu capítulo. Sus opinião é sempre imporante para mim.
    Bom trabalho aí para si.♡

    ResponderExcluir
  8. Eu usei alcool quando furei as minhas bem que gostava de ainda por mais um brinco ou dois mas ao que doeu perco logo as ideias

    Pois porque eu duvido que eles estejam a par do relacionamento do Huang com o Luciel
    ah quando se ama passasse por tudo ♡

    Eu que agradeco por me ter mostrado
    bom trabalho para si tambem
    beijos
    ♡☆♡

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...