7.9.17

Hasu no Hana Capitulo 14 por Rima-san


Capitulo 14
Prova de amor

Entrou pelo quarto a dentro sem bater na porta, numa mão segurando o frasco de KY e a outra puxando os cabelos molhados para trás da orelha, Yasuhiko estremeceu sentando no chão, sorriu desajeitado levantando-se, tentando entender o que Kyoichi trazia na mão.
_Ah… isso não é nada, tua tia quem deu._ Pousou em qualquer canto mas Yasuhiko olhou mais atento, era virgem mas não era burro.
_Ela ficou zoando de mim não foi?_ Yasuhiko encolheu os joelhos envergonhado e Kyoichi sentou-se junto dele.

_Ela não zombou… apenas disse que era um presente para os dois…_ Yasuhiko não respondeu, apenas ficaram os dois em silencio._  Bem… também disse que fizeste-lhe várias perguntas sobre sexo._ Yasuhiko olhou-o incrédulo e tornou a baixar o olhar._ Bem…. Eu também tenho um presente para ti._ Sorriu levantando-se e abriu sua mala tirando a caixinha vermelha de veludo._ Não resisti em comprar…_ Yasuhiko recebeu a caixa e abria-a com cuidado.
_Que lindo…_ Sorriu desajeitado._ Esse gancho realmente é para mim? Parece que foi caro…
_O preço não importa._ Kyoichi segurou gentilmente o pulso do menino._ É apenas um gancho mas quando o vi lembrei-me de ti, foi inevitável._ Estalou um selinho nos lábios rosados de Yasuhiko e tirou-lhe o gacho das mãos, um bocado desajeitado prendeu-lhe o cabelo usando o gancho com as flores de cerejeira._ Foi como eu imaginei, ficas lindo._ O sorriso que Kyoichi transmitia era genuíno e  Yasuhiko corava só de olhar para ele.
_Obrigado._ Yasuhiko envolveu os braços em torno do pescoço de Kyoichi e beijou-lhe a bochecha._ Obrigada por te lembrares de mim.
_Tu estavas sempre no meu pensamento._ Yasuhiko pousou a cabeça no ombro despido de Kyoichi e deixou-se ficar assim._ Yasuhiko… não me queres fazer as perguntas que fizeste á tua tia?_ Yasuhiko acabou por se afastar e negou com a cabeça._ Porquê? Não é comigo que pretendes…_ E perdeu-se nas palavras por um momento._ Fazer sexo?
_Eu… eu não pretendo fazer isso com outra pessoa, não!_ Yasuhiko juntou as mãos sem saber bem o que dizer, arrependia-se de ter falado com sua Tia Narumi pois agora estava passando vergonha.
_Mas já não queres fazer? Ou estás com medo?_ Yasuhiko não sabia bem o que responder, seu coração disparava e sentia um nó na garganta._ Yasu…  tudo bem se quiseres ir com calma… Mas…_ Hesitou antes de falar, mas lembrava-se de ter negado o sexo da primeira vez que Yasuhiko lhe pedira para fazer._ Eu quero fazer isso… contigo..
_Eu… eu também quero!_ Acabou admitindo sentindo o rosto fervilhar, apertou o tecido da Yukata e estremeceu com a caricia longa de Kyoichi.
_Então isso tudo era vergonha?_ riu baixinho, seu narizes roçaram e seus olhos se encontraram._ Queres tentar.. agora?
_Agora?_ Yasuhiko perguntou com a voz tremule, seus dedos pousados no peito de Kyoichi que apenas lhe sorriu como se afirmasse á sua pergunta._ Eu… quero…_ Encostou-se a ele e foi beijado na nuca, Kyoichi tirou o gancho que lhe prendia os cabelos e os fios caíram por seus ombros.
Suas mãos deslizaram pelas gostas do rapaz e abriu o obi da Yukata, o tecido desceu lentamente pelos ombros de Yasuhiko, beijou-lhe a pele nívea e acariciou-lhe os cabelos, pousou seus óculos em algum canto e puxou o garoto para a cama, a Yukata já no chão  junto com a toalha que Kyoichi trazia presa á cintura.
Não que estivesse com pressas,  abusava das caricias ainda que estivesse com um tesão tão grande e com vontade de partir logo para a penetração, deslizava a língua pelo abdómen de Yasuhiko quando sentiu os dedos dele entrarem em seu cabelo, parou limpando o rasto de saliva e seus olhos colidiram, Yasuhiko estendo os bracinhos e Kyoichi aceitou o abraço.
_Queres-me dizer alguma coisa?_ Kyoichi perguntou, suas pernas enlaçadas, suas ereções roçando-se e Yasuhiko gesticulou negativamente com a cabeça._ Queres que pare?
_Não…_Yasuhiko trincou o lábio e ergueu o joelho._ Eu simplesmente… te amo._ Kyoichi em resposta beijou-lhe o pescoço e o menino arqueou o corpo deixando escapar um gemidinho que apelava por mais.
Kyoichi acabou pegando no  frasquinho do  KY  e deitou uma boa quantia daquele liquido aquoso no traseiro de Yasuhiko, introduziu dois dedos e treinou um pouco aquela entradinha, apercebeu-se que Yasuhiko tentava fita-lo por cima do ombro e deslizou por cima dele beijando-lhe a omoplata, a cabeça do seu membro pedia para entrar naquele traseiro apertado e forçando um pouco entrou, Yasuhiko gemeu e cravou as unhas na almofada, Kyoichi queria ser generoso, mas a excitação percorria ser corpo de um jeito avassalador que entrou de uma só vez dentro de Yasuhiko, apertava-o contra si iniciou o coito, a cama rangia com os movimentos dos seus corpos, Yasuhiko não se inibia de gemer e Kyoichi investia mais fundo na penetração, gozou dentro dele, seu corpo caiu logo de seguida sobre o de Yasuhiko, com a cabeça pousada nas costas do menino ouvia o coração dele bater com intensidade.
_Estás bem?_ Saiu de cima dele e se deitou ao seu lado, afastando-lhe os cabelos da face
_Estou… eu.. gostei…_ Encostou a cabeça junto ao peito de Kyoichi não visualizando o sorriso do seu namorado.
_Queres repetir?_ Perguntou e o menino arregalou os olhinhos._ Melhor ficar para amanhã_ Beijou a nuca aconchegando-o para junto de si e disse para si que amava aquele menino.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Cenas de sexo sao boas para apimentar as historias

      Excluir
  2. Own que fofos! Os dois esperavam tanto pelo momento <3
    Foi bem terno..

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...